Uberlândia é 2ª em crescimento de vendas até 2012!

Foi publicada pesquisa da consultoria McKinsey que aponta Uberlândia como a segunda cidade do interior brasileiro (também é a segunda colocada em população) com relação ao crescimento do consumo até 2020.  


Estima-se um acréscimo de R$ 3,5 bilhões nas vendas de 2010 a 2020.

A pesquisa foi feita pela McKinsey em cidades com mais de 100 mil habitantes, por meio do correlacionamento de informações de renda e de dados de 45 categorias de produtos (alimentos, bebidas, veículos e vestuário). Alimentos e bebidas estão em primeiro lugar no crescimento das vendas, seguido por carros, bebidas alcoólicas e vestuário. A previsão no Brasil é que a população vai gastar R$ 1,3 trilhão a mais.


Algumas atitudes do governo federal tem incentivado o consumo, como por exemplo o aumento do mínimo e incentivos habitacionais.
Toca do Calango cresceu 20%

Construção civil impulsiona o mercado

A demanda de mão de obra pelo setor da construção civil em Uberlândia é um dos grandes fatores que alavancam a economia e impulsionam o consumo.

Dados da Jucemg revelam que no primeiro semestre desse ano foram abertas 20 empresas mais que no mesmo período do ano passado (aumento de 24%).

Na área de reforma de imóveis, o crescimento foi de 113%, com 40 empresas a mais.


A construção civil está demandada devido à falta de moradia e o movimento desse setor impulsiona as vendas de outros mercados, apuraram.

Em 2012, por exemplo, a Toca do Calango, que oferece moradia para solteiros no Bairro Santa Mônica (pertinho da UFU) aumentou a capacidade de atendimento em 20%, além de melhorar muito as áreas comuns do condomínio, gerando renda para trabalhadores de diversos setores (elétrica, construção, pintura, transporte, internet, telefonia, segurança, eletrodomésticos).


TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.