Investimentos em Uberlândia: setor sucroalcooleiro

Uberlândia terá mais investimentos em usinas de cana e geração de energia e contará com novas unidades

A empresa responsável pelas usinas Uberlândia e Vale do Tijuco, que fica em Uberaba (MG), e também pelo projeto da Usina Floresta dos Lobos, que ficará entre Uberlândia e Uberaba, fechou novos protocolos de intenção para a instalação e ampliação dos três empreendimentos voltados para a produção de açúcar, etanol e bioenergia na nossa região.


Para os que estão de olho nas oportunidades de Uberlândia, vale a pena fazer uma visita no site da Toca do Calango (moradia para solteiros) e também no site da EAI Negócios (compra e venda).

As usinas receberão investimentos de cerca de R$ 2,4 bilhões, com a expectativa de gerarem 18 mil empregos, sendo 7,7 mil diretos e 10,2 mil indiretos.

No ano passado a Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA), dona dos empreendimentos, anunciou a construção da Usina Uberlândia, próximo ao distrito de Miraporanga. Essa unidade já recebeu investimentos de R$ 3,1 milhões e é a que receberá a maior parte dos recursos informados.

O novo projeto prevê a ampliação da capacidade instalada de moagem, que hoje é de 1,5 milhão de toneladas/safra para algo em torno de 6 milhões, com previsão de início em 2014. Para essa unidade a expectativa é de 3 mil empregos criados diretamente e 4 mil indiretamente.

Já nova usina, a da Floresta dos Lobos, será construída entre Uberlândia e Uberaba e deve entrar em operação em 2016. Foram revistos os valores de investimentos iniciais na área de plantio e o aumento da capacidade de moagem de 1,5 milhão de toneladas/safra para 3 milhões, pois o projeto foi alterado.

Na Floresta dos Lobos serão investidos cerca de R$ 715 milhões na unidade, que deve gerar aproximadamente 1,7 mil empregos diretos e 2,2 mil indiretos.

Na Usina Vale do Tijuco (Uberaba), serão investidos cerca de R$ 335 milhões para a aumento da unidade de etanol e de geração de energia elétrica e implantação de produção de açúcar. A usina está em operação desde 2010 e deverá abrir mais 3 mil vagas de empregos diretos e 4 mil indiretos.

Não há queima e nem corte de cana manualmente

Segundo informações da direção da empresa, a cana é plantada e colhida mecanicamente pelos funcionários contratados e treinados na região. Os funcionários das usinas pilotam máquinas que realizam todos os trabalhos de coleta da cana.

TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.