Novos corredores de ônibus beneficiarão moradores do Santa Mônica e de outros bairros

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) R$ 125,7 milhões para a construção de cinco corredores e quatro terminais de ônibus, dentre eles o da Segismundo Pereira (duas quadras da Toca do Calango). A liberação das verbas do governo federal para Uberlândia e para outros 70 municípios foi publicada no Diário Oficial da União e também anunciada pela presidente Dilma Rousseff em Brasília.

A licitação para a execução das obras será simplificada e reduzirá o tempo para a execução das obras, pois será feita por Regime Diferenciado de Compras (RDC). A expectativa é que as obras sejam iniciadas no ano que vem. Os recursos já estão disponíveis e serão tratados diretamente com a Caixa Econômica Federal.

O projeto de mobilidade urbana aprovado foi submetido ao Ministério das Cidades em agosto do ano passado, no então governo de Odelmo Leão, e previa corredores de ônibus nas avenidas Nicomedes Alves dos Santos, Getúlio Vargas, José Fonseca e Silva, Marcos de Freitas Costa, Segismundo Pereira e Cleanto Vieira Gonçalves. Além disso, o projeto ainda contemplava os terminais Universitário (zona sul), Jardins (sudoeste), Jardim Patrícia (oeste) e Novo Mundo (leste), mas segundo a prefeitura, haverá alterações.

Serão construídos cinco corredores e quatro novos terminais com os R$ 125,7 milhões repassados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).


Investimentos anunciados incluem aumento da capacidade de abastecimento de água, que servirá três milhões de pessoas

Outros R$360 milhões serão aplicados no projeto de captação de água na represa Capim Branco I, que fica a cerca de 20 km do Centro da cidade.

O projeto prevê a capacidade de abastecimento de até 3 milhões de pessoas, com construção de adutoras e reservatórios.

TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.