Saiu o Edital para Obras de Captação de Água em Capim Branco em Uberlândia

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) publicou em página da internet o edital do concurso que selecionará a empresa de engenharia responsável pela elaboração dos projetos executivos da primeira etapa das obras do novo sistema de captação de água em Uberlândia, Capim Branco.

A licitação, na modalidade “Concorrência Pública”, do tipo “Melhor Técnica e Preço, será no dia 14 de abril, às 9h, no Auditório da Sede Administrativa do Dmae, à rua Martinésia, 245, bairro Aparecida.

Anunciamos aqui no nosso Blog em 2013 sobre a aprovação dos recursos para as obras de captação de água na represa Capim Branco.

O novo sistema de produção de água teve seu contrato de financiamento de 360 milhões assinado com a Caixa Econômica Federal em dezembro.

Visite o site da Toca do Calango.

As obras da primeira etapa contemplam a captação de água, estação de tratamento para produção de 2 mil litros por segundo, 20 km de adutoras, um reservatório de 15 milhões de litros e uma unidade de tratamento de resíduos.

O financiamento é o maior valor empregado em obras de saneamento até agora em Uberlândia e foi aprovado com a anuência do Ministério das Cidades, sendo os recursos aprovados pela Secretaria do Tesouro Nacional e liberados pelo Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2.

O Dmae espera dar início à construção do novo sistema no segundo semestre deste ano. Já a operação da nova ETA deverá ocorrer em final de 2017, quando os sistemas  já estiverem trabalhando no limite de sua capacidade: Bom Jardim e Sucupira – fornecendo cada um, hoje, 2 mil litros de água por segundo.

A expectativa é que a primeira etapa consiga abastecer a cidade até 2038, quando Capim Branco I, Bom Jardim e Sucupira atenderão a uma população de até 1,5 milhão de habitantes. Ao final das três etapas da obra, o Sistema Capim Branco produzirá 6 mil litros de água por segundo.

TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.