Construção do sistema de captação de água no rio Araguari é iniciada


Foram anunciadas nesta quinta-feira (10), pela Prefeitura de Uberlândia e pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), o início das obras do sistema de produção de água Capim Branco. A expectativa é que a 1ª etapa do sistema Capim Branco, com captação no rio Araguari, na comunidade Tenda dos Morenos, seja concluída em três anos, a um custo de R$ 264 milhões. 


A primeira fase das obras deve ser finalizada em três anos (Foto: Celso Ribeiro)

Segundo o anúncio feito pelo prefeito e o diretor geral do Dmae, o sistema Capim Branco será implantado em três etapas, com término de cada fase previsto para 2018, 2034 e 2050.

Ao final de cada etapa, o sistema terá capacidade de produzir 2 mil litros de água por segundo, vazão que daria para encher, por exemplo, uma piscina olímpica de 50 metros em 20 minutos.

Resende afirmou que a primeira etapa terá investimento de R$ 264 milhões, com recursos do governo federal. A obra será implantada na margem esquerda do reservatório da usina Capim Branco I.

“Essa é a maior obra da história do saneamento de Uberlândia. Considerando os atuais índices de crescimento de Uberlândia, a expectativa é que esta primeira etapa, ao lado dos sistemas Sucupira e Bom Jardim, consiga abastecer a cidade até 2038, quando o município deverá contar com cerca de 1,5 milhão de habitantes”, disse Resende.

O prefeito municipal disse estar feliz pelo fato de um consórcio de empresas uberlandenses – BT, Convap e Completa – ter vencido a licitação, que contou com a participação de 14 concorrentes e, por isso, ser o responsável pela estrutura de captação de água e da estação de tratamento a partir do rio Araguari.

“Foram feitos estudos de alternativas para o abastecimento futuro de Uberlândia. Projetos de engenharia e de orçamentos determinaram como ampliar a oferta de água. A melhor alternativa técnica, financeira e ambiental apontada foi implantar mais um sistema de abastecimento na cidade, que vai se somar aos sistemas Bom Jardim e Sucupira”, afirmou Machado.

Resumo da Obra do Sistema Capim Branco
R$ 264 milhões
custo da primeira etapa da obra

20 km
extensão do canal de captação de adutoras

2 mil litros por segundo
vazão de água em cada uma das três etapas

15 milhões de litros
capacidade do reservatório construído em Capim Branco

2018, 2034 e 2050
previsão de término de cada fase


Fonte Correio de Uberlândia
TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.