Orquestra Filarmônica de Minas Gerais grátis em Uberlândia

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais voltará a se apresentar gratuitamente em Uberlândia. Dessa vez no Complexo do Parque do Sabiá, mais precisamente no estacionamento do Estádio Municipal João Avelange.

O evento será dia 30 de Agosto, próxima quinta feira, véspera do feriado de aniversário de Uberlândia, às 20h:30m.

Será uma apresentação imperdível!

Programa
COPLAND – “Fanfarra para um Homem Comum”
DVÓRAK – “Dança Eslava nº 1 em Dó maior, op. 46: Furiant. Presto”
RACHMANINOFF – “Vocalise nº 14, op. 34”
SMETANA – “A noiva vendida: Três Danças – Polka – Furiant – Dança dos Comediantes”
GUARNIERI – “Dança Brasileira”
L. FERNANDEZ – “Reisado do pastoreio: Batuque”
TCHAIKOVSKY – “Sinfonia nº 4 em fá menor, op. 36: Finale”


O regente é o maestro  Marcos Arakaki  e a organização é do Grupo Algar (Algar Telecom).

O estacionamento será gratuito e os organizadores recomendam chegar cedo e levar agasalho. Para quem mora na Toca do Calango, não é necessário se preocupar: basta ir a pé, pois o parque está bem próximo.

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais




Em seu quinto ano de vida, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se orgulha de já estar entre as melhores orquestras do Brasil. Criada para tornar-se um grupo de excelência artística, a Orquestra, em sua programação, apresenta ao público obras essenciais do repertório sinfônico e produções contemporâneas, inclusive peças raramente executadas. Entre seus convidados estão os artistas que se destacam no cenário nacional e internacional e que hoje têm a Filarmônica de Minas Gerais como mais uma referência de qualidade na música sinfônica. Neste curto espaço de tempo, a Orquestra foi reconhecida com dois importantes prêmios brasileiros: seu diretor artístico e regente titular, maestro Fabio Mechetti, recebeu o Prêmio Carlos Gomes 2009 como Melhor Regente Brasileiro; e a Orquestra foi eleita o melhor grupo musical erudito de 2010 pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA).

Entre os artistas que já se apresentaram com a Filarmônica de Minas Gerais estão Nelson Freire, Arnaldo Cohen, Antonio Meneses, Eliane Coelho, Marcelo Bratke, Augustin Hadelich, Yang Liu, Maximiano Valdés, Ligia Amadio, Daniel Binelli, Fabio Zanon, Adriane Queiroz, Vadin Gluzman, Pascal Rogé, Joshua Bell, Isaac Karabtchevsky, Sergei Nakariakov e Alisa Weilerstein. Na Temporada 2012, dividem o palco com a Orquestra artistas consagrados, como Leon Fleisher, Kazuyoshi Akiyama e Krzysztof Penderecki, talentos em ascensão, a exemplo de Conrad Tao e Paulo Szot, entre muitos outros – inclusive, artistas que retornam, como Nelson Freire, Antonio Meneses, Eduardo Monteiro e Augustin Hadelich.

Em 2012 a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais realiza sua primeira turnê internacional com cinco concertos no Chile, Argentina e Uruguai. Segue com suas apresentações regulares, com duas séries no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, turnês, Concertos para a Juventude, Clássicos no Parque e Concertos Didáticos. Apresenta-se nos principais eventos de música clássica do país, como o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão e Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora. Desde sua criação, a Filarmônica de Minas Gerais visitou 18 cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia, Campos do Jordão, Salvador, João Pessoa, Recife, Natal, Fortaleza, Belém, Manaus, Vitória, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Londrina e Paulínia) e 49 cidades mineiras. Na Sala São Paulo, apresentou-se em duas temporadas e, nos teatros municipais do Rio de Janeiro e São Paulo, estreou em 2011, todos com ótima receptividade do público e elogiosas críticas.

Como ações de estímulo à música, a Orquestra promove o Festival Tinta Fresca, para compositores de todo o país, e o Laboratório de Regência, atividade inédita no Brasil que abre nova oportunidade para jovens regentes brasileiros.



Maestro:

O Regente Marcos Arakaki já esteve à frente de outras orquestras no Brasil e no exterior, dentre elas as sinfônicas dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Norte, Paraíba e Petrobras Sinfônica. O maestro conduziu ainda as filarmônicas de Boshulav Martinu (República Tcheca), de Kharkov (Ucrânia), de Buenos Aires (Argentina), da Universidade Nacional do México e também a orquestra da Academia Americana de Regência, em Aspen.
TOCA DO CALANGO – suítes e quartos
individuais para alugar em uberlândia
acesse: www.tocadocalango.com.br

Comentários estão desabilitados no momento.